Biomassa de Banana Verde

Grande riqueza no Vale do Ribeira e poderosa aliada para sua saúde

Por Nutricionisa Ricardo Ogawa 06/01/2021 - 16:00 hs

A biomassa de banana verde consiste na banana verde cozida e processada. É um purê que além de ser fonte de vitaminas e minerais, fibras e carboidratos de baixo índice glicêmico, apresenta alto teor de amido resistente.

O amido resistente, é uma espécie de fibra que o aparelho digestivo não consegue digerir. Como este tipo de fibra não é digerida, ela serve de alimento para as bactérias benéficas do nosso intestino, e assim contribui para o desenvolvimento da microbiota intestinal, ou seja, funcionando como um Prebiótico.

Benefícios da biomassa de banana verde:

1- Melhora a microbiota intestinal: graças ao amido resistente que serve de alimento para as bactérias benéficas do intestino.

2- Previne o Diabetes tipo 2: Por conter carboidratos de baixo índice glicêmico, a glicose (açúcar) é liberado aos poucos no organismo, evitando os picos glicêmicos, são eles que fazem o nosso organismo produzir cada fez mais insulina, podendo levar ao desenvolvimento da doença.

3- Ajuda na perda de peso: Como a glicose é liberada aos poucos, o organismo leva mais tempo para fazer todo o processo, dando assim maior saciedade, o que faz com que leve mais tempo para sentir fome novamente.

4- Melhora a imunidade: O amido resistente contribui para a saúde da microbiota intestinal. Quando a microbiota intestinal está saudável, existe a produção de uma substância chamada citocina anti-inflamatória que melhora a imunidade, fazendo com que os anticorpos trabalhem com mais eficiência. Ela também produz uma substância chamada butirato, um aminoácido de cadeia curta que é um combustível para os anticorpos do intestino terem mais força para atacar invasores.

5- Diminui os níveis de colesterol: O butirato, que é produzido quando a microbiota intestinal está saudável, também tem o efeito de diminuir discretamente a produção do colesterol do fígado. Já o amido resistente, reduz o colesterol que nós ingerimos.

6- Melhora o trânsito intestinal: As fibras não digeríveis da biomassa de banana verde contribuem para a formação do bolo fecal, com um bolo fecal maior, ele sairá com mais facilidade. Assim, há melhora no trânsito intestinal.

7- Promove o controle da pressão arterial: a biomassa de banana verde contém altos teores de potássio, mineral que atua no controle da pressão.

8- Deixa a pele, os cabelos e as unhas mais saudáveis: A biomassa de banana verde é rica em vitamina B6, que é fundamental para ajudar a manter a pele saudável, auxiliando no tratamento de inúmeros problemas como acnes, pele seca, entre outros. Além disso, esta vitamina também auxilia na melhoria da aparência das unhas e evita a queda de cabelo. 

9-Combate a depressão: O efeito da banana verde na depressão acontece pelo fato da fruta ser rica em vitamina B6 e Triptofano, que são substâncias essenciais para a produção de serotonina, que é conhecida como o neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

10- Previne doenças cardiovasculares: Pelo fato de diminuir os níveis de LDL (“colesterol ruim”) no sangue, a banana verde também pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares. Além disso, essa fruta é capaz de melhorar a circulação sanguínea.

 

BIOMASSA DE BANANA VERDE

Ingredientes:

De 8 a 10 bananas-nanica (ou prata) bem verdes.

Modo de preparo:

Destaque as bananas do cacho com cuidado para que se mantenham íntegras e bem fechadas. Lave com uma esponja com água e sabão. Enxague bem. Em uma panela de pressão, coloque água até a metade e leve ao fogo e, só depois de ferver, acrescente as bananas e tampe. Assim que a panela pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 8 minutos.  Desligue o fogo, mas mantenha a panela fechada até todo o vapor sair naturalmente (não tente acelerar o processo). Retire a casca da banana ainda quente e bata a polpa no liquidificador ou processador até virar uma pasta lisa. Se estiver difícil de bater, junte um pouco de água fervente (não use a do cozimento). A biomassa dura de três a cinco dias na geladeira e até três meses no freezer. Descongele em banho-maria para usar nas receitas ou use congelada em sucos e smoothies.

Rende: 5 xícaras.
Tempo de preparo: 40 minutos.

 

Ricardo Ogawa - CRN: 31534

Texto em colaboração com estagiária Maria Eduarda de Souza Paiva.













-->