‘Talvez não seja o melhor momento’ diz Dória sobre visita de Bolsonaro ao Vale do Ribeira

Em uma live no facebook nesta quinta-feira (30), o presidente disse que quer convidar Doria à uma visita à região, de helicóptero

Por Redação 31/07/2020 - 14:00 hs
Foto: Divulgação/Governo de SP
‘Talvez não seja o melhor momento’ diz Dória sobre visita de Bolsonaro ao Vale do Ribeira
Dória responde o convite de Bolsonaro sobre visita ao Vale do Ribeira

 

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), respondeu ao convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta quinta-feira (30), de visitar o Vale do Ribeira. Durante uma live em sua página do Facebook, Bolsonaro afirmou que pode adiar sua visita ao Vale do Ribeira, que está marcada para a próxima semana, caso Doria ampliasse as restrições na região por causa da Covid-19. O presidente ainda disse que quer convidar Doria à uma visita ao Vale, de helicóptero.

Na transmissão ao vivo, o presidente lamentou que a viagem ao Vale do Ribeira tenha que ser adiada novamente. Segundo Bolsonaro, Doria o governador João Doria estaria querendo classificar a região na fase vermelha. Dessa forma, só poderão funcionar as atividades consideradas essenciais.

Veja também: Estado rebaixa Vale do Ribeira para a fase vermelha do ‘Plano SP’

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

 

"Quinta e sexta eu estaria no Vale do Ribeira e, pela segunda vez, eu vou ter que adiar a minha ida. Nada a ver com a minha ida, mas tem um decreto transformando por um tempo em área vermelha. Se isso acontecer, vou ser obrigado, mais uma vez, a adiar minha ida ao Vale do Ribeira ", afirmou.

O presidente, então, aproveitou para convidar o governador de SP a fazer a visita com ele. "Está convidado a ir comigo no meu helicóptero. Não tem problema político. Estamos sujeitos a vaias, às vezes, até a um ovo. Quem não quer receber isso não se candidate e fique em casa", disse. 

Segundo Bolsonaro, ele pretende ir a municípios como Pariquera-Açu e Eldorado, para vistoriar o andamento de obras.

Nesta quarta-feira (30), Doria rebateu: "Soube que o presidente pretende visitar o Vale do Ribeira. Ele é sempre bem-vindo, mas visitar o Vale do Ribeira neste momento para andar de jet ski no rio Ribeira e passear de helicóptero talvez não seja o melhor momento", disse o governador paulista em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

"O governo federal pode ser parceiro do governo de São Paulo. Pode ser parceiro nos programas de turismo, pode ser parceiro nos programas sociais, nos programas de saúde, de educação e nos programas de empreendedorismo. Quem sabe aí, após estas manifestações, eu me disponha a passear de jet ski com o presidente Jair Bolsonaro no Vale do Ribeira. Neste momento, nossa prioridade é proteger vidas”, completou.

Casos no Vale do Ribeira

De acordo com o levantamento realizado com as prefeituras dos municípios, nesta quinta-feira, a região registrou 3.890 casos confirmados e 89 mortes pela doença. As cidades do Vale ainda contabilizaram 1.279 casos suspeitos do vírus e registram 2.812 pacientes recuperados do coronavírus.

 














-->