Saiba quais foram os vereadores eleitos no Vale do Ribeira e Alto Ribeira

Eleição deste domingo (15) definiu os candidatos que vão compor o poder Legislativo de 20 cidades da região

Por Redação 16/11/2020 - 18:35 hs
Foto: Registro Diário
Saiba quais foram os vereadores eleitos no Vale do Ribeira e Alto Ribeira
Câmara Municipal de Veradores de Jacupiranga, no Vale do Ribeira (SP)

 

As eleições do Vale do Ribeira e Alto Ribeira deste domingo (15) definiu cerca de 180 vereadores que vão compor as Câmaras Municipais das 20 cidades da região. A votação começou às 7h e terminou às 17h.

No Vale do Ribeira e Alto Ribeira, quase 260 mil eleitores foram aptos a votar. Neste ano, essas regiões registram 5 mil novos eleitores, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A votação começou às 7h e terminou às 17h.

Um levantamento realizado pelo Registro Diário, com base nos dados do TSE, mostra que a faixa etária que lidera o eleitorado das cidades da região é de 35 a 39 anos. Em segundo lugar, aparecem os eleitores com 40 a 44 anos, e em terceiro, os mais jovens, de 25 a 29 anos. 

Veja a lista dos candidatos eleitos:

Apiaí

Arina Kinor (CIDADANIA) – 4,18% (590 votos)
Ricardo Dias (PSD) – 3,95% (558 votos)
Andre de Pinheiros (PSD) – 3,57% (504 votos)
João Paulo Farmacêutico (CIDANANIA) – 3,07% (433 votos)
Ricardinho Assis (PP) – 2,93% (414 votos)
Gilbertão do Encapoeirado (PSDB) – 2,71% (383 votos)
Joseni Barbosa (REPUBLICANOS) – 2,68% (379 votos)
Paulo Tsujimoto (PSB) – 2,57% (363 votos)
Locutor Bicudo (PL) – 2,50% (353 votos)
Professor Alysson (DEM) – 1,82% (257 votos)

Barra do Chapéu

Rubinho do Ônibus (PSDB) – 5,84% (223 votos)
Junior do Ribeirãozinho (DEM) – 5,34% (204 votos)
Rosilda Leite (PT) – 4,79% (183 votos)
Sergio da Lagoinha (PTB) – 4,37% (167 votos)
Valdo da Agricultura (SOLIDARIEDADE) – 3,51% (134 votos)
Adauri de Oliveira (PSDB) – 3,27% (125 votos)
Fabinho Ponte Alta (PT) – 3,04% (116 votos)
Alceu (PSDB) – 2,88% (110 votos)
Edna do Mato Dentro (DEM) – 2,12% (81 votos)

Barra do Turvo

Nadinha do Roberto Catarina (PSDB) – 6,46% (322 votos)
Fatima do Zé Leite (PSB) – 6,13% (306 votos)
Bete do Getúlio (DEM) – 5,85% (292 votos)
Lagarto (PSDB) – 5,19% (259 votos)
Sandro da Pizzaria (PSB) – 4,09% (204 votos)
Elcio Reis (DEM) – 3,95% (197 votos)
Luiz Cardoso (PSDB) – 3,45% (172 votos)
Cicero do Abel (PSDB) – 3,33% (166 votos)
Isaqueu do Táxi (PODE) – 2,99% (149 votos)

Cajati

Priscila Chagas (PL) – 3,07% (475 votos)
Pacheco da Educação (PSD) – 3,00% (465 votos)
Zé Peixeiro (PSB) – 2,97% (460 votos)
Lelo da Saúde (PSB) – 2,74% (424 votos)
Adenise da Jean Colchões (PSD) – 2,43% (377 votos)
Waltinho Romualdo (PSDB) – 2,12% (328 votos)
Lineu Fiscal (PSL) – 2,04% (316 votos)
Rosangela Ro (PSDB) – 1,99% (309 votos)
Sidnei Bico (DEM) – 1,98% (307 votos)

Cananéia

Agliberto Novais (DEM) – 4,21% (303 votos)
Lucas de Orlandina (DEM) – 3,89% (280 votos)
Professora Claudete (PSD) – 3,32% (239 votos)
Donizette (PSD) – 3,10% (223 votos)
Dr. Gabriel Guimarães (PODE) – 3,05% (219 votos)
Douglas do Itapitangui (MDB) – 2,77% (199 votos)
Heitor da Sheila (PODE) – 2,00% (144 votos)
Cidilene Paula (PL) – 1,99% (143 votos)
Dra. Maria Lucia (REPUBLICANOS) – 1,78% (128 votos)

Eldorado

Marcão (PL) – 4,82% (368 votos)
Giba (DEM) – 4,11% (314 votos)
Augusto Relva (REPUBLICANOS) – 4,06% (310 votos)
Nazil Fouquet (PSDB) – 3,36% (257 votos)
Ricardo Padeiro (MDB) – 2,54% (194 votos)
Mineirinho (DEM) – 2,50% (191 votos)
Professora Claudia (PSD) – 2,19% (167 votos)
Junior Silva Neguinho (PDT) – 2,13 (163 votos)
Del do Churrasquinho (PODE) – 1,20% (92 votos)

Iguape

Eduardo Lara (REPUBLICANOS) – 5,00% (755 votos)
Benilto Curruira (PSDB) – 3,33% (502 votos)
Lucinete Japonesa (PSDB) – 3,31% (499 votos)
Teka Avelar (PSDB) – 3,16% (476 votos)
Josemar Corrêa (PSDB) – 2,61% (393 votos)
Daniel Vassão (PSDB) – 2,31% (349 votos)
Alexandre Macau (PSB) – 2,21% (333 votos)
Damásio (PL) – 2,20% (332 votos)
Dyhego França (PL) – 1,91% (288 votos)
Tuca Enfermeiro (PSB) – 1,83% (276 votos)
Márcia Maciel (DEM) – 1,62% (244 votos)
Marciano (DEM) – 1,42% (214 votos)
Clayton Negri (REPUBLICANOS) – 1,37% (206 votos)

Iporanga

Juraci Cardoso (PSDB) – 8,44% (213 votos)
Marcio Enfermeiro (DEM) – 6,86% (173 votos)
Peco (PTB) – 5,79% (146 votos)
Adilson dos Castelhanos (PSDB) – 5,55% (140 votos)
Nelsinho (PTB) – 4,80% (121 votos)
Tacilinho (DEM) – 4,68% (118 votos)
Mara Professora (DEM) – 4,40% (111 votos)
Douglas do Gervasio (PTB) – 4,08% (103 votos)
Evertor Monitor (PTB) – 3,88% (98 votos)

 

Itaoca

Oziel Tatu (PSDB) – 9,14% (216 votos)
Eziquiel Fortes (PL) – 8.85% (209 votos)
Joel (PSDB) – 5,72% (135 votos)
Darzi Silva (PL) – 5,46% (129 votos)
Mario de Novo (PL) – 5,33% (126 votos)
Leovir Aparecido (PSD) – 4,57% (108 votos)
Nildo Abeinha (PSD) – 4,53% (107 votos)
Vandir Rodrigues (PSD) – 3,94% (93 votos)
Nene (PSL) – 3,90% (92 votos)
Cito (DEM) – 3,51% (83 votos)

Itapirapuã Paulista

Valdinei Antunes (PC do B) – 8,62% (233 votos)
Joninha (PC do B) – 8,59% (232 votos)
Romulo Floriano (PDT) – 7,22% (195 votos)
Xarret (PSD) – 5,51% (149 votos)
Oscar (PSL) – 5,14% (139 votos)
Deri (PSD) – 4,70% (127 votos)
Leonai (PC do B) – 4,59% (124 votos)
Zé Ferrugem (PSL) – 3,59% (97 votos)
Zineu (PTB) – 2,74% (74 votos)

Itariri

Nestor Rodrigues (DC) – 6,45% (437 votos)
Enfermeira Katia (REPUBLICANOS) – 5,88% (398 votos)
Milene Demasceno (PSB) – 5,69% (385 votos)
Rafael Peroni (PSDB) – 4,75% (322 votos)
Luiz Antonio Quinho (PP) – 4,43% (300 votos)
Flavio Pereira (DC) – 3,34% (226 votos)
Josimar (PSB) – 2,92% (198 votos)
Diva da Cedri (PSDB) – 2,53% (171 votos)
Helio Ribeiro (REPUBLICANOS) – 2,42% (164 votos)
Toninho Ribeira (PP) – 1,85% (125 votos)
Elias da Nova Itariri (DC) – 1,65% (112 votos)

Jacupiranga

Ivanilda do Guarau (PL) – 5,40% (467 votos)
Robson Gonzales (CIDADANIA) – 3,75% (324 votos)
Sandra Vereadora (PL) – 3,24% (280 votos)
Emiliano (PSD) – 3,23% (279 votos)
Claudio Lázaro (PSD) – 3,10% (268 votos)
Marquinho do Taxi (PSB) – 3,01% (260 votos)
Cristiano Victor (CIDADANIA) – 2,81% (243 votos)
Pastor Chiquinho (DEM) – 1,95% (169 votos)
Madalena de Oliveira (PODE) – 1,80% (156 votos)

Juquiá

Gaguinho (PSB) – 3,02% (331 votos)
Lazaro (PODE) – 2,93% (321 votos)
Rildo do Agendamento de Carros (PODE) – 2,70% (296 votos)
Palhuca (MDB) – 2,64% (289 votos)
Carlinhos Cabeleireiro (PATRIOTA) – 2,40% (263 votos)
Alemão do Restaurante (PSDB) – 2,40% (263 votos)
Tim da Bicicleta (PSB) – 2,34% (257 votos)
Nezem da Farmácia (MDB) – 2,27% (249 votos)
Matheus da Adega (PL) – 2,04% (224 votos)
Gleydson de Godoi Jorge (DEM) – 1,49% (163 votos)
Zé Antônio (SOLIDARIEDADE) – 1,24% (136 votos)

Miracatu

Pablo Pereira (PL) – 4,27% (461 votos)
Moyses Neto (PSB) – 3,07% (331 votos)
Jair (PSDB) – 2,96% (320 votos)
Zé Mineiro (PL) – 2,83% (306 votos)
Edmilson do Esporte (PL) – 2,75% (297 votos)
Zezequinho (PDSB) – 2,57% (278 votos)
Zeza Esposa do Trucao (MDB) – 2,36% (255 votos)
Henrique do Porto de Areia (PSB) – 2,15% (232 votos)
Diretor Nailson (PSD) – 2,12% (229 votos)
Cleiton Souza (PP) – 1,68% (181 votos)
Claudio Honorio (CIDADANIA) – 1,51% (163 votos) 

Pariquera-Açu

Professor Urias (MDB) – 817 votos
Rodrigo Mendes (PSB) – 486 votos
Carlinhos Asspa (REPUBLICANOS) – 348 votos
Delmar Simões – 317 votos
Marcelo Mariano (REPUBLICANOS) – 296 votos
Milton Ticaca (PL) – 290 votos
Vilma do Social (PL) – 280 votos
Jairzinho do Bairro Alto (MDB) – 272 votos
Edson Leite (MDB) – 204 votos

Pedro de Toledo

Sérgio Dindin (PL) – 4,30% (246 votos)
Sensei (DEM) – 3,59% (205 votos)
Edgar IIek (DEM) – 3,18% (182 votos)
Marcio Fiscal (PTB) – 3,13% (179 votos)
Henrique Jacaré (PT) – 3,06% (175 votos)
Milton da Vila (SOLIDARIEDADE) – 3,03% (173 votos)
Rafa do Pesqueiro (PSB) – 2,43% (139 votos)
Eduardo Leite (DEM) – 2,31% (132 votos)
Dr. Carlos (PTB) – 1,98% (113 votos)

Registro

Fábio Tatu (PSB) – 4,08% (1.230 votos)
Sandra Kennedy (PT) – 3,79% (1.141 votos)
Capitão Renato (PP) – 2,76% (831 votos)
Professor Aquino (PP) – 2,38% (718 votos)
Heitor Sansão (PSD) – 1,92% (578 votos)
Gerson Teixeira (PP) – 1,64% (495 votos)
Drª Inês (PSDB) – 1,59% (480 votos)
Vander Lopes (PODE) – 1,58% (475 votos)
José Lopes do Paulistano (PSD) – 1,49% (449 votos)
Xavico (PSDB) – 1,40% (421 votos)
Dito Castro (PSD) – 1,36% (409 votos)
Beto (DEM) – 1,33% (402)
Chiquinho do Serrote (PSDB) – 1,22% (367 votos)

Sete Barras

Renan Fudali (MDB) – 6,25% (455 votos)
Emerson Vila (PSD) – 3,85% (280 votos)
Lucas Amaral (PSD) – 3,70% (269 votos)
Lelis Junior (MDB) – 3,41% (248 votos)
Ezelino do Porto de Areia (DEM) – 2,89% (210 votos)
Aguinaldo Palito (PSD) – 2,86% (208 votos)
Zeca da Saúde (PSDB) – 2,86% (208 votos)
Felipe da Baguete (MDB) – 2,34% (170 votos)
Willian do Guapiruvu (MDB) – 2,21% (161 votos)

Histórico de campanha

 

Segundo o TSE, durante a campanha, os candidatos foram liberados a pedir votos e divulgar propostas nas ruas, na internet e na imprensa escrita. Eles foram proibidos disparar propaganda via telemarketing em qualquer horário e disparar mensagens instantâneas em massa sem permissão do destinatário.

Na internet, também foi proibido veicular propaganda eleitoral em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em portais oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública direta ou indireta. Os candidatos também foram proibidos impulsionar posts e mensagens por terceiros.

 

 














-->